Tipo de namoro

Pegação Brasil -- /r/br4r

2015.08.24 07:20 abrazilianinreddit Pegação Brasil -- /r/br4r

Quer uma companhia para a noite, para a semana ou para a vida toda? Talvez você encontre no reddit! Talvez não! Mas não custa tentar. E estamos aqui para isso. Seja uma pegação leve, um encontro casual, um amigo com benefícios, namoro, casamento, ou apenas uma amizade, este é o subreddit para brasileiros que querem uma companhia.
[link]


2020.10.28 13:44 mkrtyy Cíumes e Auto-estima.

Queria saber como é a questão do Cíumes/Auto-estima no namoro de vocês.
Vou dar um contexto a isso:
Ontem, minha namorada vendo meu "Historico de atividades" no Facebook, encontrou um suposto vídeo de uma garota dançando no meio de outros lá.
Eu realmente não costumo procurar ou parar pra ver esse tipo de vídeo, nunca fui disso. Porém, tinha lá, talvez eu tenha visto e não me lembre. Não sei.
Visto isso, ela já ficou muito mal e está querendo terminar por causa disso.
No passado nós já tivemos um relacionamento de 1 ano e ambos ficamos BEM cansados mentalmente naquele tempo, depois de um tempo separados, voltamos "de vez" "hoje". O problema dela que ela tinha naquele tempo, era a questão da auto-estima. Enfim.
No relacionamento de vocês ou, se fosse com VOCÊ, garota. O que faria se visse aquilo?
submitted by mkrtyy to relacionamentos [link] [comments]


2020.10.28 12:31 mkrtyy Cíumes e auto-estima.

Queria saber como é a questão do Cíumes/Auto-estima no namoro de vocês.
Vou dar um contexto a isso:
Ontem, minha namorada vendo meu "Historico de atividades" no Facebook, encontrou um suposto vídeo de uma garota dançando no meio de outros lá.
Eu realmente não costumo procurar ou parar pra ver esse tipo de vídeo, nunca fui disso. Porém, tinha lá, talvez eu tenha visto e não me lembre. Não sei.
Visto isso, ela já ficou muito mal e está querendo terminar por causa disso.
No passado nós já tivemos um relacionamento de 1 ano e ambos ficamos BEM cansados mentalmente naquele tempo, depois de um tempo separados, voltamos "de vez" "hoje". O problema dela que ela tinha naquele tempo, era a questão da auto-estima. Enfim.

No relacionamento de vocês ou, se fosse com VOCÊ, garota. O que faria se visse aquilo?
submitted by mkrtyy to desabafos [link] [comments]


2020.10.27 20:03 grunge-witch Pedi alguém em namoro pela primeira vez

Há uns dias atrás eu perguntei aqui se devia pedir uma garota em namoro. Recebi três respostas (e fui até no yahoo respostas help 6 pessoas responderam que sim) É um pouco besta mas queria agradecer??? Acho que postar e receber algumas respostas me deu um pouco de coragem. Estava super nervoso e inseguro já que era minha primeira vez fazendo esse tipo de coisa (e logo descobri que era a primeira vez dela também <3)
Saí com ela sexta, passamos o dia grudadinhos e no final do encontro enfim rolaram os famosos beijinhos. Estava morrendo de vergonha mas como os dois não faziam ideia do que estavam fazendo até que foi bom e divertido aprender juntinhos.
Depois disso veio o tenebroso encontro de domingo. Fomos até um parque que eu gosto muito e lá eu recitei um poema de amor que tinha feito e que terminava com a fatídica pergunta. Mal terminei e ela já pulou em mim, me abraçando, balançando e repetindo "sim, sim, sim!"
Ainda não acredito que aconteceu??? Ouvir ela me chamando de "namorado" é uma coisa completamente surreal e acho que vai demorar um pouco pra acostumar mas é tão gostosinho :) sempre fui o tipo quieto e solitário e nunca achei que isso aconteceria mas olha só onde estou agora. Parece que no fim sempre tem esperança <3
Só queria falar um pouco. Acho que digitar ajuda a tornar mais real e digerir esse turbilhão de sentimentos bons que existem dentro de mim agora. Espero que todos aqui tenham a oportunidade de sentir o que estou sentindo agora <3 <3 <3 beijinhos de coração quentinho, obrigado por ler :)
submitted by grunge-witch to desabafos [link] [comments]


2020.10.26 20:51 WorkerCurrent Fui babaca??

Oi pessoal quero saber opinião de vocês sobre a seguinte situação bom Conheci um menino ano passado na qual eu fiquei perdidamente apaixonada começamos a conversar conversa vai conversa vem acabamos ficando(sou evangélica e hj sei que errei muito nessa parte e me arrependo até hj) isso durou bastante tempo cerca de um ano Mesmo ele sendo totalmente babaca comigo Eu ainda fiquei com ele só que do nada ele começou a ficar estranho, nos crentes temos um evento chamado Retiro no qual nos retiramos da nossa cidade para ficar longe do carnaval Então nesse Retiro Ele apareceu com outra sendo que nem tinha me falado nada sobre a gente na minha mente a gente ainda estava junto mesmo nunca estando juntos então ele apareceu com essa menina e eu fiquei desnorteada nunca me senti tão ruim a minha vida( uma parte que eu esqueci de contar na primeira vez que ficamos ele tinha dito para um amigo dele que só me pegou e não queria mais nada mesmo depois disso tudo eu ainda fiquei com ele várias e várias vezes) depois do Retiro ele me bloqueou até no pensamento e ficou dias sem falar comigo e depois voltou como se nada tivesse acontecido E eu simplesmente aceitei viramos amigos porém a nossa amizade era muito forte e eu acho que ele percebeu isso e isso está me atrapalhando relacionamento dele( sim os dois namoram e hoje em dia tem seis meses de namoro) então ele simplesmente me bloqueou de novo me deixando desnorteada mais uma vez e depois vem me pedir desculpas e eu aceitei segui minha vida normalmente porém entrou outra pessoa nessa história, mesmo em tudo isso era nos do mesmo ministério só que em igrejas diferentes mas Deus tocou meu coração para ir para mesma igreja dele não por causa dele nem nada mas porque lá estava precisando de gente então eu fui no fundo no fundo sabendo que enfrentar poucas e boas naquele lugar mas nunca renegando O Chamado de Deus quando cheguei lá tinha uma menina que parecia ser muito legal Vamos chamar ela de Ana eu sempre tinha achado ela bem legal porque sempre tive contato com as pessoas da igreja dele por por sermos do mesmo ministério e ela parecia alguém com quem eu queria ter uma amizade então começamos uma amizade ( ressaltando que a nossa primeira conversa foi sobre ele) e na nossa amizade a nossa principal conversa era sobre ele e a namorada dele ( sinceramente acho que nunca falei mal deles, para mim falar mal é tipo" a fulana é falsa ou a Fulano toca mal canta mal" conversávamos sim sobre eles porém nunca falei mal) o que eu disse que a gente conversava era tipo " não concordo com esse relacionamento" porém eu tenho uma pessoa que eu considero minha mãe e consequentemente essa amiga minha que eu considero mãe é muito amiga dele e ele contou para ela que a Ana falou para ele que eu estava falando mal dele para ela me chamou de falsa e disse que não me aguentava mais ouviu falar dele sendo que quem começava os assuntos era ela ( não querendo tirar meu copo fora da situação mas era ela mesmo) depois que eu fiquei sabendo disso fiquei arrasada Eu devia ter percebido porque ela sempre contava os segredos dele para mim quem diria que ela contou os meus para ele conversei com ela sendo bastante madura e dizendo que não confiava nela que ela demonstrou ser uma pessoa horrível não falei nada do que ela merecia por mais que ela merecesse um tapa no meio da fuça dela então ficou um clima bem chato na igreja ( Eu imagino que ela tenha feito isso porque gosta dele e queria ver eu bem longe dele caso ele termine com a namorada ela teria mais chances Esse é meu ponto de ver) então eu resolvi pedir desculpa por ter falado dele ( eu pedi desculpa por ter falado dele não falado do mal dele) então ele foi seco e disse que me desculpava( sinceramente depois de tudo que ele fez era um mínimo para eu fazer era meu mecanismo de defesa Mesmo não tendo falado mal dele era o mínimo que eu podia ter feito mas foi maduro suficiente para pedir desculpa por ter falado dele e eu sei que diante o meu Deus eu não tenho mais culpa) bom achei que estava tudo resolvido só que ele mandou mensagem falando para minha amiga que eu deveria pedir desculpa para a namorada dele sinceramente achei uma afronta eu pedi desculpa para ele para as coisas se resolverem porque estamos no mesmo ministério e eu não queria que ficasse clima chato pois temos que trabalhar juntos e ele vem com essa de tem que pedir desculpa para namorada dele sinceramente uma babaquice as minhas amigas querem porque querem juntar eu a Ana e ele para conversar mas sinceramente cansei dessa história dei importância demais para isso já cansei de ele ser babaca comigo Na minha opinião não precisava ter pedir desculpa para ele mas meu senso falou mais alto porque um erro não justifica o outro mas não quero mais saber nada dessa história quero colocar um ponto final( ele colocou na cabeça dele e cismou que eu realmente falei mal dele porém não falei eu falei dele porém não falei mal e e ele disse que eu sou mentirosa pois eu disse para as minhas amigas que não tinha falado mal sinceramente o que mais me deixou irritada foi isso podem duvidar o que for de mim mas não duvide da minha amizade com as minhas amigas principalmente com elas eu não aceito isso ele não procurou saber o meu lado da história e tomou sua decisão em acreditar que eu realmente falei mal dele não vou me esforçar para fazer ele mudar de ideia estou cansada de toda essa situação só quero que tudo pare)estou passando por um momento difícil na minha vida e não tenho tenho pra infantilidade
Fui babaca? Não fui babaca? Não existem babacas? Todo mundo foi babaca? Info?
submitted by WorkerCurrent to EuSouOBabaca [link] [comments]


2020.10.26 04:17 Clear_Associate_2425 Apaixonado por uma garota e sem saber o que fazer

Eu sempre fui aquele tipo de garoto afeminado e que sofreu bullying por isso. Eu me lembro da minha paixonite por um garoto aos 6 anos. Com 8 anos meus colegas de escola já tinham começado a me taxar de bichinha, viadinho e um bando de outros insultos parecidos, e meu pai tentou me chutar de casa aos 16 anos depois que descobriu do meu namoro com um outro menino e só não fez isso pq a minha mãe interferiu e conseguiu impedir isso. Meu avô sempre "sugeria" que eu tinha que largar de viadagen e virar um homem de verdade. Enfim eu sempre me identifiquei como um cara gay e basta dizer que tb sofri um bocado por isso.
Então esse ano, eu conheci uma garota na faculdade. Eu nunca liguei pra mulher nesse sentido antes e nunca imaginei que ia ligar, mas tudo que eu ando conseguindo pensar é nela. Ela é tao incrível e doce, a gente se entende tão perfeitamente e a conexão rolou praticamente na hora. A gente trocou número de celular e desde então não consigo me afastar dela. Nós nos falamos todo dia e conversamos sobre tudo. Eu e ela passamos hora conversando e eu sinto que ela me compreende tão bem.
No começo eu entrei em negação, mas não consigo mais. Eu quero beijar ela, eu quero namorar ela. Eu consigo me imaginar casando e tendo filhos com ela. E isso me confunde tanto, minha vida só me apaixonei e me senti atraído por caras. Mas eu legitimamente gosto dessa garota e não sei o que fazer. Ela é a tipo a única menina que me faz sentir desse jeito
Eu não sei o que fazer mesmo. Algué mas aqui já passou por algo assim ? Eu só quero um conselho. Minha cabeça tá uma completa confusão
submitted by Clear_Associate_2425 to desabafos [link] [comments]


2020.10.26 03:29 Schopenhauer_67 Preciso da ajuda de vocês (não sei o que fazer no meu relacionamento)

Olá galerinha do sub, tudo bem? Então, eu vou contextualizar a minha história aqui (bom eu conheci o meu namorado faz um ano, quando a gente decidiu ter algo sério ele falou que não queria nada escondidos e afins e eu concordei com ele, porém minha mãe não deixou aí ele decidiu ficar comigo ainda sim escondido. Bom a gente está junto até hj ) O problema é ele vai embora agr, vai pra SP, ele acabou de me falar que não está feliz nesta situação toda (e tipo,eu tô me culpado muito pq ele decidiu ficar comigo mesmo não gostando da decisão) ele falou que só queria ser como um casal normal que se vê que tem liberdade [e man ele está certo]o foda é a minha mãe! Ela não deixa man, e tipo, o meu namorado faz de tudo pra ser aceito e ela caga pra isso (vcs não faz ideia do quanto isso me machuca) ele falou que cansou de esperar que que é assumir logo o nosso namoro e eu tbm quero mais tbm não quero tirar a autoridade da minha mãe sabe (ela já bateu na minha cara por conta disso) eu não quero perder o meu namoro por conta da minha mãe, o que eu faço? Já conversei com ela mais ela não faz o que ela fala, e ver o meu namorado falar que se continuar assim ele quer terminar me machuca e me doi tanto porque ele foi o meu primeiro tudoo e foi o único que eu amei de verdade ME AJUDEM POR FAVOR GENTE
Ps: estamos sem se ver desdo começo da quarentena
submitted by Schopenhauer_67 to desabafos [link] [comments]


2020.10.25 06:51 embuscadacura Isso me deixa muito ansioso e inseguro, como resolver?

Bom, eu namoro há dois anos, sou muito feliz ao lado dela, não me imagino com outra pessoa. Mas, como todo bom ser humano com seus pensamentos de merda, venho tendo uns pensamentos sobre o futuro, isso tem me afetado de certa forma e acredito que minha ansiedade acabou despertando (eu não era nem um pouco), mas, "quais são esses pensamentos?" Então, eu sempre pensei apenas no presente, viver o hoje, o agora, nada mais. Porém, ultimamente venho pensando sobre o meu relacionamento e vem aqueles pensamentos do tipo: Será se vai durar? Será se ela vai abusar de mim? Será se ela vai gostar de outra pessoa e me deixar? Me trair?(o mais corriqueiro) como nós vamos estar daqui uns 5 anos? isso não é normal, eu NUNCA fui uma pessoa insegura, maioria das pessoas me acha bonito, tenho 1.85, um magro esbelto, em aspecto físico nunca tive insegurança. Eu desenvolvi um medo muito grande de ser traído, mesmo confiando MUITO no meu par, meu círculo social é de pessoas que traem e foram traídas, lidam de uma forma super normal, como se fosse até algo simples. Meu nojo com traição é tão grande que, quando descobri que meu amigo traiu sua namorada, eu simplesmente me distanciei dele, eu sei que todo mundo erra e tal, mas isso pra mim é o maior dos absurdos, queria lidar melhor com esse assunto, sério mesmo, não me desce na garganta. Como eu posso resolver isso sem ir a um terapeuta ou psicólogo ou sei lá oq? Isso vem afetando até meus estudos, mesmo eu sendo estudante de alto desempenho e acostumado com a rotina cansativa. Enfim, alguém aí também tem isso ou já teve esses pensamentos?
submitted by embuscadacura to desabafos [link] [comments]


2020.10.24 20:03 Enscie Tamanho do penis e fala da ex?

Eu terminei meu namoro a 8 meses, e quase dois meses atras, sai com uma menina que disse que eu sou privilegiado pela natureza e falou que tenho um pinto grande.. mesmo eu sempre achando ele ser pequeno... Minhas medias são 16,5 de comprimento(um pouco maior, mas descarto falar 17) e circunferência de 13,3(descarto falar 13,5)... Mas na minha mente esta 15 e pouco ainda, não aceitei ele com 16 e pouco quase 17, pois a ultima vez que media não sabia aquele lance de encostar no osso e tirar as curvas e tal media do pelo pra frente.

Mas minha duvida é minha ex namorada falou que meu pau não machucava ela e que era bom pra ela... Isso me deixou em duvida, será que meu penis e pequeno pq sempre alguém fala ser enorme ou grande ou mesmo que não diz isso diz ser gostoso de mais... Mas sela apenas falou que era que não machucava e tipo só chegava no fundo de encostar no fim da vagina dela quando ela montava e ficava quicando sabe. E a vagina dela não era folgada, mas entrava bem de boa sabe, sem aperto.. só na excitação que apertava legal... mas as vezes sentia esse meu pau dentro de um lugar meio oco sla como descrever sem ser xulo... enfim alguem pode me ajudar ai na auto imagem?

Encontra partida eu tenho dois pontos com ela:
"Vc me levou alugares que nenhum outro conseguiu"
"Eu gosto do nosso sexo e vc é bom nisso"
submitted by Enscie to desabafos [link] [comments]


2020.10.22 20:20 outsider2677 Fui traído e agora moro com meus pais

Oi, aconteceu hoje cedo, meu relacionamento de 4 anos foi destruído porque peguei minha namorada mandando nudes e conversando sobre putaria com um cara que nunca vi.
Eu namoro essa menina ha 4 anos e estávamos morando juntos ha 2 anos, sempre tivemos nossas diferenças mas sempre conseguíamos lidar com os problemas. E antes de morarmos juntos fizemos um voto pessoal nosso em nunca esconder segredos, se um de nós nao tivesse feliz terminariamos na hora. Tanto que nunca ligamos de um mexer no celular do outro, afinal nao tinhamos nada a esconder.
Hoje, acordei bem cedo e dei bom dia a ela, conversamos na cama e brincamos como sempre fizemos, então decidi ver o que ela estava jogando no celular, coisa q ela nunca achou ruim. Mas dessa vez foi diferente, ela ficou na defensiva e começou alegar q nao estava bem, estava com dor de ouvido e tal, então eu tentei pegar o celular e ela me empurrou quase q pra fora da cama.
Ela segurou o celular firme e eu achei mt estranho, isso nunca tinha acontecido mas na hora eu sabia que ela tava escondendo algo. Tentei tirar o celular dela a força, levantamos da cama e ela começou a me bater e empurrar, saí correndo com o celular na mao do quarto e tentei fechar a porta, ela começou a bater e empurrar a porta.
Foi entao que vi varias mensagens trocadas com um cara que nunca vi na vida. Havia mensagens sobre ela chupar o pau dele e falando que queriam transar, mas o pior de tudo foi que ela mandou um video pra ele mostrando o seio.
Eu desabei, nao soube o que fazer e entrei em pânico, só conseguia chorar.
Liguei pros meus pais e agora estou deitado num colchão na casa deles, trouxe minhas coisas com a ajuda de um primo e estou sem fé nenhuma na humanidade.
EDIT 1: Respondendo alguns comentários, esfriei a cabeça na casa de meus pais e voltei ate lá pra terminar de trazer minhas coisas, sentei com ela pra finalmente entender o por que ela fez isso, pois foram anos jogados no lixo. Ela disse que não se sentia mais ela e que fez as coisas que fez porque queria ser outra pessoa. Acho que mandar mensagem pro cara a fez acreditar ser fodona, sei la (ela sempre teve problemas com insegurança).
O ponto é, ouvi todos os lados da estória, nada justifica o que ela fez e eu estou naquele baque ainda. Meus pais tinham um ótima relação com ela, nos ajudaram sempre e esta bem estranho o clima aqui, a ficha nem começou a cair pra eles ainda.
Agradeço muitíssimo os comentários de vocês e apesar der ser bem foda a situação, pelo menos fiquei feliz de ter tido a coragem de largar tudo de uma vez. Nao guardo rancor e nem quero prejudicar a vida dela (olhe que printei as conversas dela e podia facilmente jogar no grupo da família dela) mas nao sou esse tipo de pessoa.
Só quero distância!
submitted by outsider2677 to desabafos [link] [comments]


2020.10.22 18:06 soinhoin Como funcionam relacionamentos e como explicar que eu gosto de alguém

Ok, eu de alguma forma sou pan e assexuado, a ideia de sexo me incomoda não importa oq eu faça (apesar de eu ter desenvolvido o vício em pornografia quase q por obrigação social) mas a dúvida aqui n é essa, e sim como uma pessoa como eu namora? Tipo, oq define um relacionamento, oq diz que eu gosto de uma pessoa? As vezes eu penso que gosto de alguém mas aí eu tento entender o pq e n cinsigo, ou eu vou tentar pensar em como seria um namoro entre a gente e meio q não iria mudar nada, visto q eu n consigo dar um beijo (eu viro o rosto no automático), como que segue uma relação assim?
submitted by soinhoin to sexualidade [link] [comments]


2020.10.22 04:57 Trynoum Meu relacionamento era abusivo e eu nem me dava conta

Primeiramente, deixem-me dizer que é um alivio poder falar em um subreddit brasileiro, muitas vezes eu conversava com gringos mas eu me sinto mais confortável conversando com BR msm. Bom, a um pouco mais de um ano atrás, eu comecei a ficar mais proximo de uma amiga minha, a gente começou a conversar, e eventualmente saimos juntos e começamos a namorar, era tudo muito bom, a gente se entendia e realmente amava um ao outro, com o passar do tempo, ela começou a demonstrar um pouco mais de ciúmes, e como eu sou uma pessoa que também sente bastante ciúmes, eu entendi os sentimentos dela e quis fazer a vontade dela, perguntar oque que tava deixando ela triste e essas coisas, a gnt conversou e conseguimos até ficar em uma relação saudável.
Um tempo depois, ela começou a agir estranho, e confessou se sentir meio mal por eu assistir pornô, porque aquilo era eu prestando atenção no corpo de outras mulheres e aquilo deixava ela mal, desde esse ponto, meu cérebro já ficou com um pé atrás, tipo, poxa, é normal ver pornô mesmo em um relacionamento, eu acabei pesquisando e isso não era problema pra maioria dos casais(tenham em mente que eu não tinha muita experiência em relacionamentos na época), porém eu meio q só concordei em não ver mais, contanto que a mesma coisa se aplicasse a ela, alguns meses se passam e ela fica mais agressiva comigo, eu não posso mais curtir a foto de uma amiga minha porque isso deixa ela pensando que eu quero ficar com aquela pessoa, mas quando ela curte a foto de um menino, até sem camisa ou algo um pouco mais "sensual" e eu tento trazer isso pra conversa ela simplesmente fala "não percebi" ou algo do tipo e pede desculpas como se não fosse nada demais, sendo que quando eu fazia até menos eu era xingado e julgado por ela.
Depois de um tempo as coisas começaram a ficar realmente sérias, eu parei de conversar com uma caralhada de gente pra ela não ficar triste, mas ela parecia não se importar quando eu dizia que sentia ciúmes por alguem, e isso chegou a um ponto onde, se a gente tivesse conversando por texto, eu nem reconhecia mais a minha própria namorada que tava comigo a mais de um ano. Eu amava muito ela, ou pelo menos a versão dela que eu pedi em namoro, então eu sempre segurava os sentimentos só pra mim e esperava que, quando eu conseguisse a ver pessoalmente a gente resolveria, bom, quando a gente se via pessoalmente ela prometia não me tratar mais daquele jeito e outras coisas, mas uns 3 dias depois ela voltava a me tratar do mesmo jeito ou até pior, quando eu falava pra ela que eu tava sendo tratado mal e do mesmo jeito que antes, ela ficava brava e ameaçava terminar comigo ou até mesmo me trair, falando coisas como "vou mandar foto sem calcinha para aquele amigo meu" e coisas assim, tinha vezes que, ela entrava na minha conta do instagram pra ver se eu tinha visto um stories específico que em teoria eu não "deveria ter visto" sendo que muitas vezes eu só deixava os stories rolando enquanto fazia outra coisa.
Eu me cortei, tanto meus pulsos quanto um pouco da minha barriga, mas logo depois eu percebi que aquilo não ia ajudar em nada e só ia me trazer um sentimento bom momentaneamente, então eu parei de vez logo depois da primeira vez. Por mais que eu amasse ela de um jeito descomunal, quase como se eu amasse ela mais que eu mesmo, depois de um tempo eu comecei a me dar o real valor que eu tinha, e o jeito que ela me tratava não me fazia mais chorar e sim perceber o quão mal eu tava sendo tratado esse tempo todo, dessa vez eu não esperei pra ver ela pessoalmente, eu simplesmente falei que não queria mais nada e só vazei. Eu fiquei mais de um ano e alguns meses em um relacionamento abusivo, e eu nem sabia que era abusivo até terminar e ir pesquisar sobre, eu basicamente não tinha opinião, meus sentimentos não importavam e eu tinha que dar o maximo de satisfação possível pra ela, se não ela me ameaçava terminar ou me trair.
Era isso, eu precisava falar isso pra alguém então resolvi me expor aqui pra vocês, hoje em dia eu to bem melhor e percebi o quão otário eu tava sendo de continuar naquele relacionamento, ela basicamente fazia o que quisesse comigo e eu so deixava, eu voltei a falar com vários amigos com os quais eu tinha perdido o contato e eu acho que ta tudo bem agora.
submitted by Trynoum to desabafos [link] [comments]


2020.10.21 16:34 tobolado auto estima baixa

Sei lá acho que tenho auto estima baixa , me sinto feio demais , mas tipo tem mina que fala que sou bonito , pedem até se eu namoro e algumas pedem pra ficar comigo . Não sei na real , não consigo me enxergar bonito e nem tudo isso que falam de mim. Me acho estranho pra ser sincero, pra mim um padrão para ser bonito seria de outro cara. Sei que é algo bobo de ficar postando , mas alguém mais se sente assim ? Somos nós mesmos que criamos isso? Porque eu vejo e tem pessoas que tem auto estima elevada. Queria ser assim também , mesmo o universo jogando na minha cara que parece que to errado. Enfim , fiquem a vontade de darem sua opinião ou também se passam por isso.
submitted by tobolado to desabafos [link] [comments]


2020.10.19 14:03 superegotrip amigo meu me convenceu a dar em cima de uma garota que sequer tinha chance de me dar mole

"você só vive uma vez, foda-se"
não foi muito emocionante, mas queria compartilhar. isso aconteceu essa madrugada.
estávamos voltando do bar, um amigo meu contava sobre seu recente término, e conseguiu em pouco tempo sair com uma garota maneira que morava em sua rua. ele disse que o "segredo" era ser direto, e se receber um não, foda-se. eu tenho várias ressaltavas sobre isso, sobre pessoa, sobre situação, sobre muita coisa, é bastante discutível isso tudo, mas estávamos relativamente bêbados e o papo foi rolando.
decidimos ir pra casa desse amigo pra planejar ir embora, até que surgiu o seguinte assunto.
"aí, sabe aquela garota lá da sua faculdade? ela disse que era pra eu dar em cima da E. vai que rolava algo."
eu respondi; "po, e pq não foi?"
"não gosto de mina magra, cê sabe como eu sou. pq vc não dá em cima dela?"
"eu? tá doido, sem chance alguma."
e aí fudeu, ele e mais dois amigos ficaram falando por 10 minutos que eu deveria mandar mensagem. um deles pediu meu celular e quis mandar por mim já que eu não tive coragem, pegamos e ficamos discutindo o que mandar.
enfim. essa E. é amiga minha na faculdade, mas nunca tivemos um relacionamento tão próximo assim. foi simplesmente do nada, depois de meses sem conversa no zap, o seguinte;
"oi E. desculpa chegar assim do nada, mas cê tá solteira?"
1 minuto depois ela respondeu - "oi kk sim porque?"
"Então, eu sempre te achei linda e tal. E assim, eu queria saber se teria uma chance da gente sair qualquer dia pra um cinema ou bar."
depois de uns 30 minutos - "ah eu gosto de ti mas como amigo, mas vamos ver"
certamente esse "vamos ver" foi tipo, "deixa pra lá". óbvio né, eu já estava sem cara nesse momento.
não teve muito papo depois disso, ela tinha me perguntado sobre meu namoro e eu disse que tinha terminado faz muito tempo, e ela disse que também. perguntei de novo sobre sair e tal, e até agora sem resposta.
informação adicional: a garota que falou pra ele dar em cima da E. estava conversando com ele na hora enquanto mandávamos mensagem pra E. e ela disse que conhecia a garota, e era pra eu não criar expectativa pq não ia rolar nada. foda. deixou bem claro que eu era feio demais, mas se fosse esse amigo meu talvez rolasse algo. aiai...
eu sou uma pessoa bastante envergonhada, e cara... acordei cedo pra aula EAD e pensando nessa besteira. a mina tem muito contato em comum comigo, tenho certeza que muita gente já até sabe que eu tentei dar uma de maluco pra cima dela sem mais nem menos. acho até que a abordagem de ir convencendo aos poucos desse mais certo do que simplesmente chamar ela pra sair, com certeza você precisa de uma boa impressão com ela antes, e eu certamente não tinha.
enfim, não foi tão emocionante assim. se tiver mais desfecho que isso faço outro post, mas já adianto que não deve rolar nada não kkkk. se puderem mandar histórias pra eu me sentir melhor, tô aqui.
valeu...
submitted by superegotrip to desabafos [link] [comments]


2020.10.19 07:17 yooo66666 Autosabotagem, pornografia e brochar.

Nem sei por onde começar... primeiramente tenho 20 anos e é realmente um pouco constrangedor escrever isso mesmo sabendo que ninguém me conhece, mas ok bora lá. A mais ou menos 2 anos eu terminei o meu ultimo namoro e já naquela época eu consumia pornografia mas era beeem menos, tanto que ainda não atrapalhava nada em minhas relações sexuais, tudo sempre flui numa boa, nunca pensei que poderia ter problemas com isso. Daí, dps do termino comecei a consumir mais a pornografia mas ainda tava dboa, me sentia tranquilo em relação a isso, trocava ideia com varias mina me sentindo bem e despreocupado, só que aí pro final de 2018 eu fui encontrar uma amiga minha e rolou minha primeira brochada, fiquei porra, desesperado na hora, com vergonha e pá(era a primeira vez da mina) nussss fiquei bem abalado serião, falei com uns amigos meus e eles foram suave, nem tiraram sarro, disseram que era normal, mas aí que começou o problema(deveria ter levado numa boa né, todo "mundo" leva isso numa boa, pq eu n iria) enfim, a partir daí comecei minha graaande jornada de autosabotagem e porra velho, até hj n consegui superar isso (como cara???? kkkk taloko) eu realmente rio disso, pq parece ser piada as vezes, eu gosto de mulher, gosto demais cara, e desde de essa época eu comecei a questionar tudo, minha sexualidade, pô problemas mentais, uma avalanche de pensamentos mesmo. (Tá, são muitas coisas a se falar e ainda to com vergonha de escrever isso, mas vamo lá)
Inicio de 2019 e eu tranquilo até ainda, sem nenhuma confusão mental aparente e ainda trocando ideia dboa com umas mina, aí conheci uma menina e a gente foi se aproximando, se beijou e pá, começou a rolar um amorzinho mas a gente n tinha transado ainda e aí um dia ela me chamou pra eu ir na casa dela, era carnaval, fui né, bebemos umas, fumamos uns beck e ficamo daquele jeitão né, delícia, pegação que num parava mais e aí começamo a tirar a roupa, ela me chupou(suave até então, meu pau tava levantado kkkkk) e eu tava dboa tb, eu chupei ela dps e aí bateu aquela ansiedade trevooosa, pq né o proximo passo seria nois fuder e assim... aiai.. eu tinha camisinha lá(ps: no meu ultimo namoro agnt transava so´sem camisinha praticamente) e mano, tremi nas base, falei pra ela q tava sem camisinha e né, ela tb nem tava afim de ir sem, e continuei chupando ela numa boa, mas né, pensando daquele jeitão nas coisa, preocupadasssso, uma lokura gente, aí blz, dormi la e de manha ela veio me cobrar q eu podia ter ido na farmacia e só dei uma desculpa(rapaziada por incrivel que parece n sou gay e eu me questionei bastante sobre isso, pode acreditar). Depois disso começou o desastre, toda vez q pensava em sexo pensava em brochada, instantâneo tipo, aí assim, quero resumir um pouco ne, mas vou falar oq me der na telha aqui. Dps desse ocorrido n falei pra ngm, nem amigo, nem psicologo, nem nd, malucao o cara ne, fala nem pra psicologo aiai, tabom. Dps com essa mina, de précha, broxei mais uma vez só q ai dessa vez foi na hora da penetração mesmo, aquela meia bomba que todo mundo adora, lindeza que só( to falando desse jeito pq acho q assim vo sentir menos otário) aí acabei me afastando dela (vergonha absurda, eu sou uma piada msm), deixei claro pra ela q o problema era cmg, e que ela era né MARAVILHOSA (pq de fato era kkk) aí meus manos e manas, nesse momento eu ja tava 0 bem das ideia(ps: faz mais de 1 ano isso e to desabafando isso só agora pra alguém ok) , escondendo tudo de todo mundo, mas transparecendo que tava tuddo deboa ne, kkk aiai. Que eu me lembre dps dessa mina passou um bom tempo q eu nem tentei nada com ngm(no sentido de ir pra hora H) e tipo, eu continuei flertando, com altas mina e dando idéia mas só na raso (olha o medo que tava, medo de brochar, eu sla, nem imagino falar isso pro meu amigo mais proximo q eu morro de vergonha sla) continuei flertando e pá ne, considero estar em um ponto bem alto da minha kkkk beleza facial e de personalidade tb, ent acaba q altas guria se interessava, e eu bobo né, dava papo mesmo sabendo desse meu problema kk. Ok, final de 2019 chegou um dia lá que a mesma mina q eu tinha broxado lá na primeira vez, me chamou pra ir na casa dela (claramente pra gente fuder) e eu em duvida, falei q n podia, por causa desse medo mesmo e sla, acabei indo encontrar uma amiga minha e a gente beijou dps um tempassso q eu tava afim e assim, fez minha noite tlg, n transei, nem brochei kkkk foi ótimo. Ok, vou voltar aqui no assunto da pornografia e falar q, durante o ano inteiro de 2019 eu provavelmente me masturbei quase todos os dias, pra pornô msm (mas nessa época nem tava ligado em questão de estimulo visual ser tãaao importante pra uma possivel brochada) ok, n dava a minima pra quantidade de porno q eu consumia, só seguia a vida msm, achando que todo esse medo aí meu, era problema meu, sla algum problema mental q eu desenvolvi e q era isso, botei na minha cabeça q ia continuar a ver pornografia pq já q eu n ia transar, pelo ou menos o porno ia me satisfazer( QUE ERRO, REPITO QUE ERRO jovem eu de um ano atrás). Aí pra frente é confusão mental atrás de outra, ia pro psicologo nem sabia oq falar, ficava todo perdido, todo vez q eu podia pensar nisso eu pensava e ia fuuundo e paranoia e fantasia de coisa nem ia acontecer, mano, to querendo é chorar escrevendo isso, nunca tinha botado pra fora isso, enfim... final de 2019 li em algum lugar sobre um negocio q chama reboot, que até tem video no TEDx sobre isso e video do Terry Crews falando, que é basicamente vc ficar sem se masturbar por um tempo indeterminado, que aí uma hora tudo ia voltar ao normal, na hora q eu li eu falei "É ISSO, É ISSO, PRONTO VO RESOLVER MINHA VIDA AGR MESMO" mandei msg pro meu psicologo falando q nois tinha q conversar, tava todo animado, cheguei lá, falei pra ele tudo, tudo q tinha rolado, tava rolando e falei disso aí, mas ele n me recomendou eu fazer esse reboot, falou q a masturbaçao é algo importante pro individuo, e sla, me convenceu q era melhor eu só esquecer disso e levar a vida (hj eu lembro disso e assim, meio cuzao ele ne) na hora nem parei pra pensar no negocio, tava lokin das ideia já.
Vo tentar resumir agr, dps desse aí, continuei me masturbando pra porno ainda, as vezes eu tentava parar um tempo por causa de coisa de twitter e pá, mas acabava voltando uma semana dps. Nessa época eu comecei a criar um autoestima fodida em cima disso, foi surgindo assim tb, fui levando a vida como se tudo oq tivesse rolado tivesse sido só uma fase da minha vida e que tinha passado e que eu já tava deboassa em relação a questão de brochar, que na proxima vez q rolasse ia dar certo, tipo, tava bem deboa. Aí né tava confiante, e um belo dia chamei uma mina q tava cvs pra vir aqui em casa, agnt ja tinha ficado uma vez e tava né, com tesão afinzassso, começamo a tirar a roupa foi indo, chupei ela, suavao, aí ela foi me chupar e ele abaixou do nada, sim, no meio do boquete foi pra vala minha líbido, tentei ressuscitar mas n tava indo, bati uma ali mesmo e n foi, minha cabeça já tava a mil, ja´era ne kkk falei pra mim msm, dps agnt fumou um pra ficar dboa e cvs com ela e pá, ficamos suave. Teve mais uma situação com essa mina (acho q eu forço muito né, mas eu tava só querendo botar minha autoconfiança pra cima de certa forma) agnt saiu comeu um burg já naquele estado né, e dps fomos pra casa dela, casa n, escada do prédio e rolou ali msm, oral dos dois, n brochei durante foi suave, mas na hora de penetrar nela o menino abaixou, mas fiquei deboa, respirei e fui estimulando, uma hora deu certo, botei pra dentro e foi(meia bomba kkkkk), foi pouco tempo mas foi, aiai, que saudade dessa sensação meus amigos kkkk enfim, isso era inicio de 2020, daí começou a quarentena e desde entao eu nem saía de casa né, pra pegar alguém (pra nd msm), mas continuei flertando dms ne, cabo que, uma mina lá falou pra eu ir na casa dela pra né e ja botei na cabeça que n, que n ia rolar, que ia dar merda, já pensando na brochada (ô laia) e confundindo minha cabeça, falando q sexo casual é merda (nunca nem fiz sexo casual) só inventando mentira pra disfarçar esse problema meu, enfim, dei perdido na mina. Aí (ta acabando tá? se algm tiver lendo) anteontem uma mina veio aqui em casa, ja tinha combinado a uma semana atras, mas assim kkkkjjjj, imaginando q agnt nem ia transar nem nd, no maximo um boquete e tals, por isso nem fiquei preocupado com broxar e pá, só aquele calafrio basico de trocar ideia com uma mina q tu realmente acha daora, pela primeira vez, pessoalmente (coisa linda) me preparei total, comprei um corre pra gente pitar, comprei umas breja, umas comida, meditei um pouco pra ficar suave e foi né. Ela colou, agnt trocou altas ideia daora (sla eu tava um pouco de receio de ela achar eu meio maníaco de já querer transar direto assim) aí preparei o ambiente como eu disse, fui fazendo um clima rolar alí...rolou... pegação intensa, tava adorando, bão dms, aiai, que mulher minha gente, começou a passação de mão, eu meio passivo ainda, mas tava daora, aí ela tirou meu short e ja comecei a ficar em choke(pelo lado bom) nem tava pensando em nd, aí ela parou assim e perguntou se algm podia ver nois ali (agnt tava no terraço de casa) aí falei q n, mas q sepa era melhor nois ir pro sofa q aí ne, já ficava mais confortavel( eu sou mt burro) kkkkkkkkkkk ta, ai´fomos pra la, nisso eu ja tinha guardado o pau e tava mole já, e mano, voltamo a se pegar(po eu tava desaprendido 7meses em casa) pegação lá intensa, bão dms, ai´vacilei comecei a pensar na famosa broxada, passou um tempo ela tirou minha calça e começou o oral, e adivinha n fiquei duro, e eu acho ela gostosa, acho dms, n creio q esse seja o problema, n creio q o problema seja eu n ter atração por mulher, eu tenho sim, só acho q a pornografia me leva a ter uma rotina, um vício FUDIDO que faz eu me apagar a minha própria mão, a esse ambiente nojento da punheta e de tudo q ela envolve com a pornografia, mano, eu to muito puto comigo msm, pq JÁ SE PASSOU MAIS DE ANO Q TO NESSA MERDA DE SITUAÇÃO PODRE, MANO EU QUERO TER FILHOS UM DIA, EU QUERO TER ESSE PRAZER DE TRANSAR, EU QUERO TER ESSE PRAZER DE VIVER UMA VIDA TRANQUILA SEM TER Q ME PREOCUPAR COM PROBLEMAS DE BROXAR, EU SINTO UM DESCONFORTO TÃO GRANDE COM MEUS AMIGOS, QUE REALMENTE SÃO MEUS AMIGOS E DISCUTEM ABERTAMENTE SOBRE ISSO, MAS NGM NUNCA FALOU SOBRE BROXAR, ME SINTO UM INUTIL NESSE SENTIDO ESCREVENDO ESSE TEXTO. CARAS, EU N QUERO VIVER A VIDA TODA ASSIM KKK NEM FOODENDO, NEM FODENDO. Só quero resolver isso e parar de pensar tanto em coisa que é inútil, amanha ja devo cvs com meu psicologo a respeito pq n da mais, eu fico triste, sinto um vazio imenso em mim dps q isso acontece, se alguem leu até aqui, obrigado pelo o seu tempo, diga aí oq vc acha sobre, ou n tb, se que sabe, enfim, abraços e uma boa noite pra todos. :j
submitted by yooo66666 to desabafos [link] [comments]


2020.10.18 20:31 marvinpls Webnamoro que possivelmente poderia ter dado certo

Em 2012 conheci uma pessoa, darei o nome de A.
A. devia ter mais ou menos 17 ou 18 anos, e eu, um jovem gafanhoto de 15 ou coisa assim. Conheci a A. numa live de jogos, época que ainda existia a twitcam (quem lembra?), e o "streamer" (nem existia essa profissão na época) falou que tinha uma menina no chat solteira (de brincadeira). Obviamente dezenas de nerds colaram no perfil dela do twitter, e começaram a tentar flertar com ela.
E eu, um moleque nada original, também fui fazer o mesmo. Cara... (kkkkkkkkkk!!!!!!!!) como o tempo passa né? coisa estranha demais lembrar disso. Eu fiquei obcecado pela menina, sei lá. Eu via as paradas que ela postava e o jeito dela, e nunca havia encontrado ninguém assim (claro que não, afinal eu tinha 15 anos e só jogava na internet). Mas até hoje, acho o tipo dela muito diferente das demais (não do tipo "not like the other girls") mas um tipo de garota estranha que fala o mesmo nível de merda que eu naturalmente falo. Pra ser sincero, o meu tipo de garota é justamente alguém mais próximo dela, mas é realmente muito difícil encontrar alguém assim.
Como se não bastasse, a garota era linda demais. Digamos, uma das garotas mais bonitas que já vi (ainda acho isso nos meus atuais 22 anos), e ela morava em outro estado, do tipo muitos estados longes hehehe. Enfim... meu papo de merda deu certo, não lembro exatamente como começou nossa aproximação, mas lembro que eu era o cara que ela ia desabafar por conta de um namoro merda que ela andava tendo (com um tal de C.)
Esse C. era o cara mais chato que já vi na vida. Além de não parecer EM NADA com ela, ele era distante da garota, até onde lembro. Ele investia toda a grana do salário dele em som automotivo (sem meme), e cagava pro namoro.
Ela chorava bastante, e eu ficava horas e horas em chamada com ela por skype conversando sobre bobeiras em geral. O tempo passava, foram mais 2 anos acho nessa brincadeira, até que por um ciúmes bobo ela parou de falar comigo.
Nosso relacionamento era muito baseado no twitter, compartilhávamos e falávamos sobre mutia coisa em comum, e eu claramente estava perdidamente apaixonado pela garota. Numa época aí de fã clubes e não sei quê, algumas garotas de outros estados foram me seguindo também pra trocar ideias (sem maldade), e essas novas amigas fizeram com que a A. se afastasse de mim por achar que eu não quisesse mais ela. Não sei porque, vocês podem me perguntar, eu não fui atrás dela. Sei lá, parecia que eu estava confortável, e tinha achado uma bobeira tão grande dela se afastar, que não achava que fosse tão sério.
Semanas se passaram, e a A. nunca mais falou comigo direito. Tem muito mais coisa, mas realmente não lembro como essa amizade ou webnamoro foi se desfragmentando, pq pensávamos em viagem (com 16 ANOS!!!!! irreal demais, pqp) namorico, etc. Pelo menos eu acho que era, sei lá. Talvez houvesse a chance dela só me considerar um grande amigo, e eu estivesse enviesado como homem de achar que ela realmente era afim de mim. Não sei.
Agora vem a parte engraçada
Eu nunca esqueci seu nome. Meus amigos acabaram virando colegas dela também pq de alguma forma que não lembro, ela chegou a conhecer eles. Então eles acompanham ela nas redes sociais, mas eu não mais. Lembro que eu tinha me afastado a ponto de querer esquecer ela mesmo, e ela o mesmo de mim. Hoje com a cabeça mais madura, teria feito tudo diferente. mas ainda acho webnamoro algo irreal demais.
Basicamente ela está namorando um cara do RJ (já tem um tempão já). Estado na qual eu moro também. Quando descobri isso (por amigos) fiquei de cara. Não fiquei com ciúmes, triste, inveja, nem nada, mas tudo veio novamente na minha cabeça. Caralho, um cara do RJ? Sim, eu pensei no "e se fosse eu??????????".
Eu fiquei abismado por duas coisas: o quanto minha vida mudaria se eu tivesse namorando ela? e se desse tão certo a ponto de eu morar fora? eu ainda falaria com os meus amigos atuais? (que são meus melhores amigos), eu estaria em outra profissão?
Viajei, viajei demais. E o que me faz viajar tanto nessas questões é que não era uma parada extremamente difícil de acontecer. Claramente eram adolescentes decidindo coisas muito importantes e custosas, e que nossas perspectivas de vida iam mudar drasticamente ao chegar nos 20 e poucos anos. Mas digamos que éramos compatíveis em literalmente tudo, sabe? Enfim...
Não sou apaixonado pela garota nem nada, mas é uma história curiosa que penso vez ou outra. As vezes sonho com ela, e eu não sou nada esotérico ou coisa assim, então vocês podem dar as suas explicações mirabolantes que for pra esse tipo de coisa, alma gêmea, coisa assim.
Funfact: uma das paradas mais interessantes nesse rebuliço todo é que ela havia me apresentado uma música que eu não gostava a princípio, mas depois de alguns meses mudou totalmente a forma como me vejo e escutava música. Hoje em dia posso dizer que se ela não tivesse me recomendado aquela banda em 2012, eu estaria escutando mpb ou algo do tipo. Há 8 anos escuto o mesmo "gênero" (mais ou menos na verdade), e fico muito feliz com isso.
E vocês? tem histórias com webnamoro?
submitted by marvinpls to desabafos [link] [comments]


2020.10.18 15:58 sinsinemy Terminei o namoro e me arrependo amargamente

Muito longo, mas preciso desbafar.
Tudo aconteceu no último final de semana de setembro, a gente tava super feliz e estávamos prestes a fazer 1 mês de namoro e 7 meses que a gente ficava e se conhecia. Por culpa de um print ele ficou com ciúme de uma bem idiota (muito idiota) e parou de me responder, me ignorou o dia inteiro e eu queria sair com ele e NADA dele conversar comigo. Decidi sair sozinha com outros amigos, a gente pertence a grupos diferentes de amigos porque moramos há 33km de distância e é foda se ver todos os dias, ir nos mesmos lugares porque na prática é longe. Cheguei na festa e nada dele me responder, tentei conversar liguei, mandei mensagens em todas redes sociais e de verdade eu tava muito ansiosa, no mesmo grupo de whatsapp que a gente tava, ele tava marcando de sair com os nossos amigos e eu podia simplesmente sair dessa festa e ir pra lá pq era relativamente perto até. Mas ele não me respondia então eu justifiquei todo aquele print que ele ficou com ciúme e provei que não precisava daquilo, toda hora ele falando que não queria conversar comigo, eu ligava e ao mesmo tempo eu tava bebendo, juntou tudo comecei a ficar triste demais, comecei a me sentir insegura, pensei muita besteira, pensei em tudo de ruim e a única coisa que eu queria era conversar com ele pra ve se me acalmava e eu não tinha nenhuma resposta. Chorei bastante, tava muito abalada e na mesma noite eu falei que era melhor a gente terminar (por mensagem), falei várias coisas por impulso, terminei por impulso e por toda aquela tensão. Me arrependo bastante. No outro dia eu tentei falar com ele, tentava e tentava porque eu tinha me arrependido bastante cara e ele já tava tipo "vc terminou cmg" e me repreendeu por eu ser imatura de ter feito isso e não pensado no depois. Chorei, fiquei mal bloqueei e desbloqueei ele por no mínimo 8 vezes. Não conseguia me afastar. Pedi pra que ele deixasse eu ir na casa dele pra gente conversar melhor e fui lá, levei até um par de aliança baratinha torcendo muito que desse certo. Conversamos, se acertamos mas ele tava meio diferente, falava umas coisas que eu não gostava mas que ele sim e que a gente não combinava tanto assim, saímos, se beijamos, conversamos e eu achei que daria certo e que ia ficar bem, tava com muita esperança. Dei aliança pra ele no fim da noite e depois disso a gente teve um momento nosso, foi lindo. No outro dia ele já tava meio distante, meio chato e fomos fazer visita na casa da tia dele, foi legal, ganhei bastante presentes e eu amo a família dele, me sinto muito feliz e confortável quando estou lá. Esse dia eu tinha que ir embora e ele ia sair com os amigos dele, me chamou e eu não tava super afim, sabe? Falei que pegava o mesmo caminho que ele e ia embora. Assim foi, fomos e ele ficou o caminho todo no silêncio, não falava, não pegava na minha mão, nao me olhava, não reagia a nada e eu só queria alguma demonstração e se por acaso eu mudasse de ideia pra ir com ele, já que os amigos insistiram pra eu ir e ele nada, sem reação alguma e isso tava me incomodando demais, eu tava quase chorando. Fui direto pra casa, com aperto no coração porque queria tar com ele mas eu me sentia desconfortavel de tar com ele, complicado. No outro dia ele me ligou e terminou comigo, sem mais nem menos, dizia que me amava e falou que não dá mais. Eu insisti muito, demais e falei que dava certo sim e esse foi o dia mais triste. Doeu demais. Sofri muito. Chorei e chorei tanto. Porque ele falou que não, mas falava que me amava e me agradecia por tudo mas falava que não. Era muito ansiedade e eu falava com ele, eu tentava mandar mensagem como se fôssemos amigos pq eu não aguentava não passar 1 dia sem saber sobre ele, sempre a gente caia numa conversa legal sobre a gente, ria e entendiamos que a gente tinha terminado, que somos ex e falávamos sobre esperança que era algo que eu tenho e ele fala que também tem. Eu amo ele demais, sou apaixonada por ele, isso é foda. Mas eu falei até sobre a gente "ficar", pra gente se ver e eu tava com muita saudade e ele aceitou. A gente saiu e foi perfeito, eu ainda era apaixonada por ele e tudo que a gente fazia era bom demais. Sentamos e conversamos mais sobre o nosso término, ele falava que não tava pronto pra namorar e até disse um "você merece uma pessoa melhor", mas eu tentava falar que não e que ele era o melhor pra mim. Ele falava que não tava pronto, que me amava muito mas tinha que pensar mas pensar em que? Quem amava tinha que ficar junto, mas eu baguncei a cabeça dele, eu terminei do nada, tava muito bom que eu estraguei tudo. Fiquei triste e comecei a chorar do lado dele e ele me abraçava e falava que me amava, insistiu pra eu ir pra casa dele e a gente sair no outro dia. Eu aceitei. Dormimos juntos e foi muito bom, mas ele nao era 100% meu (namorado), eu me sentia muito bem com ele, era gosto demais todos os nossos momentos. Levantamos o outro dia e fomos, senti ele distante de novo pegava na mão dele, foi legalzinho e eu curti todo o momento da melhor forma que dava. Eu tava com ele e só isso importava e fui (de novo) pra casa dele pq tava muito tarde pra eu voltar pra minha, dormimos juntos e passamos o dia seguinte inteiro juntos e eu tive que ir embora, que tinha algumas coisas pra resolver em casa também. Pra mim a gente ia continuar assim, conversar e sair as vezes. Cheguei em casa, me bateu a saudade maldita, ele passou 1 semana me respondendo só o necessário e bem seco, não puxava assunto e nem nada. Eu tava sozinha de novo, fiquei triste e mandei aqueles textos de como eu tava me sentindo pra ele e ele ficava :/ e falava algo desconexo ou mandava eu parar de ser assim, teve uma hora que não aguentei mais e falei se a gente podia resolver de uma vez. Cobrei ele de me responder direito e ele disse que a gente tinha falado o bastante. Tentei conversar pra eu parar de ter esperança nisso e mandei ele dizer se era o fim e acabou ou que ainda iria tentar. Ele só falou que não queria conversar comigo naquele momento e eu compreendi e ao mesmo chorei muito, muita dor, muita tristeza e parei de responder também. Falei pra mim mesma que não iria insistir ou chamar ele de novo, que era melhor um tempo afastado, sei lá, só um tempo. Um tempo pra ele pensar e pra mim também, eu sei que ele me ama como eu também amo ele. Por algum motivo não tá dando certo agora mas eu espero que do fundo do meu coração dê certo, eu tenho esperança. Ele é meu primeiro amor, não foi o meu primeiro namorado mas foi a pessoa mais intensa e ao mesmo tempo a melhor pessoa que já conheci. Termino isso aqui numa poça de lágrimas. Até.
submitted by sinsinemy to desabafos [link] [comments]


2020.10.17 20:41 immauwu Meu pai fica insuportável quando bebe

Toda vez que ele bebe alguma bebida alcoólica, ele simplesmente não sabe balancear a quantidade. E quanto ele fica bêbado, fala todo tipo de merda, exemplo: na última vez que bebeu ele foi extremamente preconceituoso com todo tipo de gente, e hoje ele ficou meia hora falando e falando de por que eu deveria terminar com meu namorado (ele não deu nenhum motivo que faça sentido) e como meu namoro nunca poderia durar. Além de ser irritante, as coisas que ele fala me machucam. Vai toma no cu, não aguento mais essa merda
submitted by immauwu to desabafos [link] [comments]


2020.10.17 00:39 TravsTravinho Não sei se eu sou louco, tóxico, surtado ou se eu só não devo aceitar menos do que eu mereço. Só queria ouvir algumas palavras de conforto.

Isso é um desabafo, mas tudo vem de um relacionamento.
Constantemente sinto vontade de morrer, não de me matar, me suicidar, nem nada do tipo, eu só queria não estar mais aqui, não viver mais essa vida, e principalmente não ter a personalidade que eu tenho, não sentir necessidade de sentir o que eu sinto.
Nem sei como começar a explicar, eu tô nesse relacionamento, é um namoro, com toda certeza do mundo, estamos nos vendo toda semana, se chamando de amor, eu pago as coisas pra ele sem problemas, não ficamos com outras pessoas, dizemos “eu te amo” constantemente... Exceto que ele não quer namorar, ele tem os traumas dele com namoro e eu entendo.
Sinto que nada que ele faz pra mim é suficiente, isso mesmo, sempre ouço as pessoas dizerem “não me sinto suficiente pra ele” mas aqui é o contrário, eu sei que sou suficiente, eu seria um namorado perfeito, busco e levo ele em casa, faço surpresas, compro presentes, me declaro diariamente, levo em restaurantes caros, não vejo problema em parar tudo que eu estou fazendo para escutar o que ele sente, ouví-lo desabafar, tentar ajudá-lo com quaisquer problemas que ele possa ter. Mas não sinto o mesmo vindo dele.
Não é que ele não me ama, ele ama e eu sei disso! Ele me diz isso, ele arruma tempo pra mim, só que talvez ele não seja tão intenso como eu sou, e toda vez que eu reclamo ou que temos conversas sobre isso - ele sabe de tudo que estou escrevendo até agora - acaba em briga, eu supostamente o faço sentir insuficiente rs, ele se sente horrível, eu me sinto um monstro por dizer certas coisas (e eu falo com jeitinho).
Sei lá, talvez eu peça demais dele, talvez eu esteja sendo um monstro cruel, tóxico e abusivo por dizer que quero mais, que não sinto reciprocidade, que eu tenho um monte de responsabilidades e ele não... Ou talvez eu esteja certo em solicitar pra ele o que pra mim eu considero como o mínimo... Esses dois pensamentos ficam brigando dentro da minha cabeça parece, em um momento eu me sinto o dono da razão e cobro algum tipo de ação dele, alguns minutos depois eu posso me sentir péssimo.
Ele diz que eu não reconheço o que ele faz por mim. Eu sinto que ele não faz nada além de me dar migalhas de afeto.
Sinto que ninguém, nem ele, por mais que ele tente, consegue lidar comigo e com os meus sentimentos. Ele realmente tenta melhorar quando eu digo que estou incomodado com algo, mas será que eu estou em busca de um conforto que ninguém pode me prover?
Se eu não fosse tão necessitado do amor dele, se eu não lesse as entrelinhas e analisasse cada mensagem dele, nada disso seria um problema. O problema sou eu, e não ele.
Mas, eu estou errado em procurar alguém que me faça sentir confortável? Eu só quero ter o mesmo tratamento que eu dou a ele, me sentir e ser tratado como um príncipe.
Amo esse menino, mas acho que eu deveria terminar com ele, acabar com nosso relacionamento que até então era tão leve e saudável, tudo que eu sempre quis, para que talvez no futuro eu não o machuque, e nem ele me machuque.
submitted by TravsTravinho to desabafos [link] [comments]


2020.10.16 03:57 apenas_mais-um Garota vácuo de validação ou traumatizada?

Seguinte.
Fiquei com uma menina durante dois meses. Conheci ela do lado de casa por intermédio de uma amiga. Eu lá todo feliz ficando com algumas meninas sem compromisso e todo mundo feliz. Ai essa amiga me diz que ela se interessou em mim e passou o telefone dela. Mandei uma msg na sexta e conversamos, mascamos de nos ver em casa no sábado. Conversamos, tomamos uma vodka e ficamos. Transamos maravilhosamente. Demorou 5 dias e ela nada, fui e mandei msg perguntando de um segundo encontro, e ela so mandou msg falando kkkkk.... tentei de novo e ela falou que quem tinha que chamar pro segundo encontro era eu (oiiiii? eu ja tinha chamado) enfim. ficamos e ficamos mais ai ela começou a me chamar pra sair com os amigos e amigas dela. Conheci todos e com o tempo eles me falaram, ela gosta de vc. E eu falava, ela não gosta, ela gosta da sensação que eu proporciono a ela, pq só eu e ela ela nao me da brecha nenhuma e é só sexo. Eu me apaixonei por ela como não acharia que me apaixonaria de novo por alguém. Falei isso pra ela. Continuamos ficando. Eu mandava bom dia pra ela e era romantico e ela me falava que nao gostava de bom dia. Até ai tudo bem, cada um tem seu jeito de ser. E eu encucando cada vez mais que a guria não queria nada comigo. Ai a melhor amiga dela me fala, vc sabia que ela namorou por 10 anos e terminou recentemente? E eu falei, não sabia. E vc sabia que ela tava ficando com um cara e esse cara queria namorar e ela nao queria e ai ele pressionou ela e ela nao quis e ele apareceu com uma outra menina grávida? Cara, imagina que role foda pra mina. Mas enfim, eu não tenho nada o que ver com isso. Sempre tratei ela como a última bolacha do pacote, foi amor de vdd manja, eu nem sei explicar como eu olhava todo bobo pra ela e ela virava pra mim e falava, o que foi? Na última sexta feira era aniversário dessa amiga dela, fomos no lugar, e eu lá normal, desencanadão, e o melhor amigo dela vem me falar, mano, ela foi em casa hj e me falou uma frase como vc sendo o namorado dela, ela gosta de vc blábláblá....e eu falando, ela nao gosta de mim... e ele, vc tem que falar com ela ... pelo menos perguntar se ela ve um futuro de vcs juntos ou alguma coisa, pq ela gosta de vc1!. Ele é homosessual, virou meu brother, e eu confiei nele... passei por cima de todos os meus instintos e falei, blz, vou falar com ela... a noite eu e ela viemos pra casa e eu sentei na frente dela no sofa pra conversar, ela ja foi rancando a roupa e indo pra cama.... eu pensei...não vou transar sem tirar isso da cabeça.... ai fui e falei, que estava realmente gostando dela e que não queria nada do tipo namoro, mas gostaria de saber se ela enxergava um futuro com nós dois juntos, pq eu estava tendo reais sentimentos por ela. A mina não falou nada virou de lado e falou.... Eu preciso ir embora. Gente, meu mundo caiu, e eu que não sabia o que era chorar chorei segurando o soluço..... foram meia hora de uma tortura muito doida..... a mina não falou mais nada.... ai ela falou de novo, eu preciso ir embora, e eu falei, tudo bem, se é isso que vc quer eu abro o portão lá pra ti. Fui lá e abri o portão ela parou e falou nossa, tá frio né...e veio me beijar, coisa que ela nunca fez, e me beijou meia boca...... isso foi na sexta, desde lá não nos falamos mais. Eu não sei o que pensar disso tudo, vejo os tópicos aqui e não vejo nada além da galera falando procura psicólogo blablabla segue a vida blablabla... Alguém consegue entender o que rolou e como agir?
submitted by apenas_mais-um to desabafos [link] [comments]


2020.10.14 20:05 gabstablook Tá foda

Meu namoro acabou no fim de Março desse ano, fazendo combo com a entrada da quarentena. Esse tem sido, literalmente, o ano mais difícil da minha vida.
Eu que sempre aconselhei meus amigos sobre relacionamentos me vi inserida em um com grande potencial para ser descrito como abusivo. Ainda acho que nunca foi muito intencional, mas minha terapeuta, vulgo a melhor pessoa do mundo, notou características manipuladoras nessa minha ex namorada.
Nós namoramos por 8 meses, foi o relacionamento mais curto da minha vida, mas existiu o suficiente pra que eu me perdesse.
Situações onde ela me convidava pra passar a noite junto e, quando eu chegava, começa a me tratar super mal, terminava e, assim que eu chegava em casa, me ligava pedindo pra eu voltar. Debochava de quase tudo que eu gostava, das minhas roupas, cabelo e me acusava constantemente de vitimismo (eu detesto esse termo).
Ainda assim foi ela quem terminou comigo e eu fiquei completamente sem chão.
Desde Março ela me procurou várias vezes. No começo de Setembro passamos duas semanas juntas e acreditei que poderíamos voltar, ela parecia diferente e ciente de algumas atitudes tóxicas. Obviamente eu estava enganada e agora sigo na luta para tentar superar de (novo) vez todo esse ciclo doentio que permiti.
Nossa última conversa foi extremamente prejudicial. No final de Setembro resolvi me "declarar" e fui totalmente sincera sobre meus sentimentos que, apesar de tudo, ainda existiam. A resposta que tive foi algo parecido com "queria que tivéssemos dado certo, mas não deu. Desculpe, não posso ajudar".
Depois disso tentei me afastar e, mesmo assim, ela continuava me procurando. Fui a um bar com uma amiga para distrair e ela foi atrás. Eu confesso que fiquei feliz ao vê-la, afinal, ainda nutria sentimentos.
Para minha surpresa ela sentou com a gente e resolveu contar sobre como estava saindo com outras pessoas, sobre como meu "jeito de namorar" era "muito intenso", sobre como eu colocava cerveja de modo errado (!!) no copo, entre outros que me deixam triste só de lembrar.
Esse dia voltei chorando pra casa e prometi aquela seria a última vez.
Foi realmente a última vez, até que sou boa em cumprir promessas. O problema é que toda essa história me deixou diferente, como se alguma parte de mim tivesse ido embora e eu não sei como recuperar. Fazer terapia tem ajudado DEMAIS, mas ainda assim não tem sido o suficiente.
Me sinto refém dessa história, como se ela estivesse fadada a se repetir em minha vida. Não consigo me relacionar com mais ninguém, tenho crise de ansiedade sempre que alguém demonstra qualquer tipo de interesse e me sinto uma pessoa horrível na maior parte do tempo ):
Sei que isso vai passar, principalmente porque tenho ferramentas que me ajudam nisso. Mas esse processo tem sido extremamente doloroso.
Não tem um dia em que eu não acorde implorando pra que eu me sinta melhor. Estou me esforçando pra entender quais lições devo tirar disso. TÁ FODA!
submitted by gabstablook to desabafos [link] [comments]


2020.10.14 04:58 limajhonny69 Estou entrando em colapso.

Aos 12 anos de idade, fui estuprado. Repetidamente, durante uns 3 meses. Por conta do trauma, perdi a maior parte das memórias dos 12 anos anteriores a qnd isso aconteceu. As memórias que restaram foram as mais profundas: meu pai espancando minha mãe na minha frente. Diversas vezes. Batendo nela com uma corda, enquanto eu via sem poder fazer nada ela no chão sem poder se defender, enquanto se debatia, ou o sangue escorrendo do braço dela após uma briga, ou ele quebrando todos os objetos de vidro da casa de propósito, ou ele pegando todo o dinheiro que tínhamos pra gastar com bebidas alcoólicas enquanto passava a semana inteira fora de casa.... São tantas coisas... E nunca tínhamos dinheiro sobrando, nunca tive dinheiro pra terapia ou algo do tipo.
Depois que o estupro aconteceu, me isolei de todos, literalmente. Desde o estupro eu ficava no meu quarto, saindo apenas para a escola. Não tinha amigos, não visitava ninguém, não ia para o supermercado. 95% das 24 horas do dia eram dentro do quarto sozinho. Foi quando ocorreu minha primeira tentativa de suicídio.
As coisas mudaram quando entrei pra faculdade, pois comecei a sair mais, passando o dia inteiro fora nas aulas em outra cidade e, após 2 anos, comecei a sair com uns amigos. Porém, no ano passado, todas as memórias do estupro começaram a me afetar muito intensamente. Começou quando eu estava voltando para casa da faculdade, tive um ataque de ansiedade na rua como nunca tinha sofrido antes. Desde então as coisas só pioraram, incluindo outra tentativa de suicídio. Sofro de ansiedade todos os dias. Passo noites acordado, com insônia. Tenho pesadelos muito frequentemente. Há dias que não consigo levantar da cama, depressivo. Tenho um namoro a um ano, e muitas vezes eu e minha namorada não conseguimos fazer sexo. Apesar de sentir atração por ela, não consigo manter uma ereção pelas memórias do estupro. As vezes não consigo nem mostrar meu corpo a ela. Estou indo para o último semestre da faculdade. Não sei se vou conseguir viver até o fim. A pressão está aumentando, e minha ansiedade também. Falta apenas um estágio, e poucas disciplinas, mas eu sinto minha vita toda se esvaindo...
Não sei o que fazer. Não posso contar com ninguém, não sei se vou conseguir, e nem sei se quero. Só quero que tudo acabe, todos os traumas, os ataques, as memórias, essa ânsia de vômito que sinto sempre que lembro de tudo isso...
submitted by limajhonny69 to desabafos [link] [comments]


2020.10.14 03:55 jogarfora1977 Não sei se meu namoro vai dar certo a longo prazo

Sou mulher e namoro a distancia com um menino, eu fui ver ele 3x já. Mas segue os pontos negativos: Ele ainda nao veio ate aqui onde eu moro. Fala que viria pra cá mas nao vejo tanta questão da parte dele. Acredito q seja pq eu falei mal dos meus pais e dos problemas q eu tenho com eles, isso sem detalhar muito. E tbm é um lugar complicado de chegar, cidade pequena etc. Tem outro porem q é da gente nao conversar o tempo todo, nao sei se acontece com mais alguem, todos os dias nós se falamos mas nao é o tempo todo e quando rola é memes ou algo não mto elaborado. Eu nao falo muito das coisas q me frustram durante o dia/desabafos pq nao sei se ele realmente se importa, ou acha chato sei la. Ele é mto inteligente mas eu nao sei conversar com ele coisas mais complexas, algumas vezes q aconteceu ate renderam discussoes desnecessarias, ele quer sempre estar correto e por cima a qualquer custo e eu me sinto mt lixo. Pra encerrar essa: ele nao faz questão de pagar as coisas q ele compra pra mim tipo saimos pra comer, se eu quiser pagar eu pago e ele nao pestaneja. Eu sempre fui de dividir tudo, mas a merda é q eu gasto bastante pra ir pra la e ele nao considera mto isso. Pontos positivos: o sexo é bom rsrs, eu to apaixonada por ele msm assim, ele me assumiu pra familia e amigos, ele mora na praia e eu amo praia. Eu moro no interior. Eu confio mto nele, na questão de fidelidade eu sei q ele tem um bom carater, q nao me trairia facil, nao me da motivos pra ter ciumes e nao tem nada a esconder.
submitted by jogarfora1977 to relacionamentos [link] [comments]