Youtube vídeos canções

Com o Youtube e o conversor de vídeos para mp3, acabaram-se as desculpas para não ouvir os seus artistas e canções preferidas. Pode fazê-lo a qualquer momento do dia, independentemente do local onde estiver. Crie as suas próprias playlists, para diferentes horários do seu dia, e crie os seus próprios momentos ao som da sua banda favorita. Watch, crop and share YouTube videos safely without comments, ads, or other distractions. Our free technology tools are useful for teachers and parents to give kids a teacher and family friendly YouTube experience. Mp3 4 Me - Youtube para conversor de mp3 online. Mp34me é uma nova e fantástica forma de converter vídeos do Youtube para mp3. É fácil, rápido, gratuito, não tem limites diários ou quaisquer restrições. Aqui pode converter vídeos e descarregar do Youtube juntamente com cerca de 500 outros sites. We would like to show you a description here but the site won’t allow us. Durham, North Carolina, United States About Youtuber Welcome to the official CandleScience YouTube Channel were you will find helpful information, tips, and step-by-step instructions for a variety of candle making projects. CandleScience is your source for everything you'll need for candle making, plus expert advice. Frequency 1 video / month Since Aug 2008 The Crests were a popular New York City R&B musical group of the late 1950s, often thought to be another all-black teenage-sound band, they were in fact about as integrated as a group could get, with four men (two of them black, one Puerto Rican and one Italian) and one black female.

Linguista de Game of Thrones detalha trabalho na prequel cancelada (Bloodmoon / The Long Night)

2020.01.14 09:22 altovaliriano Linguista de Game of Thrones detalha trabalho na prequel cancelada (Bloodmoon / The Long Night)

TheDragonDemands fez uma resenha sobre a entrevista em que David J. Peterson revelou ao podcast Game of Owns detalhes sobre a prequel cancelada (Bloodmoon / The Long Night). Abaixo, segue uma tradução que fiz da resenha.
Para quem preferir ver a resenha em formato de vídeo, TheDragonDemands lançou um vídeo sobre o assunto em seu canal no youtube. O vídeo está em inglês (sem legendas), mas as informações prestadas são as mesmas fornecidas abaixo, somente temperadas pelos comentários de praxe do youtuber.
------------------------------------------------
Texto Original: https://asoiaf.westeros.org/index.php?/topic/155879-long-night-pilot-dead-at-hbo/&tab=comments#comment-8465705
Autor: The Dragon Demands

O linguista David J. Peterson deu uma interessante entrevista em novembro (que acabei de encontrar) explicando seu trabalho no prequel da Longa Noite: https://www.youtube.com/watch?v=llwYVV92g7k
Esta é a nossa primeira evidência verdadeiramente confirmada de como a série era - embora o próprio Peterson tenha enfatizado que ele nunca viu o roteiro completo, não sabia como era toda a história e só sabia o que podia adivinhar nas poucas linhas que eles queria que ele traduzisse. Em decorrência do sigilo, eles nunca o enviaram mais do que isso.
Informações que ele forneceu sobre outros projetos anteriores:
submitted by altovaliriano to Valiria [link] [comments]


2018.12.20 12:11 hjras [Sério] Resposta do Eurodeputado Carlos Coelho à pergunta sobre "Direitos de autor no mercado único digital" (Artigo 13º)

Olá /portugal
Partilho com vocês a resposta do eurodeputado do PSD que recebi por email. Ele próprio admite que recebeu 10.000 e-mails sobre a questão:
"Pode explicar-me o que se passa com o artigo 13.° ? Porque há tanta polémica em torno dele ? Há o risco da Internet acabar ?"
As passagens a negrito foram escolhidas por ele e não por mim. Eu não concordo ou desconcordo com o conteúdo que ele escreve, mas quero partilhar com vocês para ouvir ler as vossas opiniões e para promover a discussão.
Aqui fica então a resposta dele (TLDR: o artigo 13º é bom e a internet não vai acabar):
Liberdade e Autores
Embora muitos tenham exposto posições diferentes (e nalguns casos conflituantes) creio que todos defendemos a necessidade de proteger a internet, assegurar que é um espaço de liberdade mas também que reconhece o mérito e o labor dos criadores.
A Internet não vai acabar
Algumas campanhas (desprovidas de rigor ou deliberadamente erróneas) semearam o pânico e propagaram o receio injustificado de que a Internet vai acabar... Isso não vai acontecer !
Falta Acordo com o Conselho
O que foi aprovado foi apenas a posição negocial do Parlamento. Falta agora haver acordo com o Conselho. Só há Lei europeia com o acordo entre as duas instituições.
Cabe agora aos Governos nacionais tornarem clara a sua opinião.
3 Perguntas/Respostas
Quero por isso responder a 3 questões:
  • O que é a Liberdade da Internet ?
  • O que estamos a debater ?
  • O que é o artigo 13.° ?
A - O que é a Liberdade da Internet ?
A liberdade da internet é um valor que devemos proteger.
Por isso, sempre me bati pela defesa da “neutralidade” da Net e opus-me às tentativas de patentear o software.
Mas defender a liberdade da internet não significa um espaço sem lei.
Por isso denunciei e combati a utilização fraudulenta dos dados pessoais dos cidadãos pelo facebook, defendo a identificação dos criminosos que usam a Net para distribuir pornografia infantil ou aliciar crianças;
Por isso bati-me por regras claras e justas no comércio online;
Por isso creio que todos temos de fazer mais para combater os discursos de ódio e fake news;
Por isso acho que os criadores devem ser remunerados pela sua arte e não deve ser permitido o “roubo” do seu trabalho pelas grandes plataformas.
B - O que estamos a debater ?
A Comissão Europeia submeteu a 14 de Setembro de 2016 uma Proposta Legislativa relativa aos Direitos de Autor no Mercado Único Digital.
A evolução das tecnologias digitais alterou a forma como as obras e outro material protegido são criados, produzidos, distribuídos e explorados. Há novas utilizações, novos intervenientes e novos modelos empresariais.
Tornou-se necessário adaptar o quadro de direitos de autor da UE a estas novas realidades.
Só com um sistema integrado de direitos de autor ao nível da União eliminamos a fragmentação que existe actualmente, entre os diferentes Estados-Membros, e reforçamos simultaneamente a proteção dos criadores, nomeadamente perante os gigantes tecnológicos que dominam os mercados.
Como legislador, considero essencial que se atinga um bom equilíbrio entre direitos de autor e outros objetivos de políticas públicas como o acesso à Internet, a Protecção de Dados e a Protecção dos Consumidores europeus.
C - O que é o Artigo 13.º ?
Ao contrário do que circula em vários meios, o artigo 13.° não tem a intenção de limitar a Internet ou restringir a Liberdade de Expressão. O artigo estabelece um novo mecanismo de negociação que facilitará a celebração de acordos de licenciamento para difusão das obras audiovisuais nas plataformas de vídeo a pedido.
É necessário proteger os interesses legítimos dos titulares de direitos, com vista a assegurar o crescimento do sector criativo.
Temos de respeitar os interesses dos criadores e dos consumidores, de forma a garantir a sustentabilidade e a diversidade dos setores culturais e criativos europeus.
É inaceitável que grandes plataformas publiquem o trabalho de outros, ganhem imensas quantias de dinheiro, mas não remunerem os titulares de direitos. Infelizmente, esta é a situação actual - os detentores de direitos ficam de mãos a abanar.
Há que defender um sistema de direitos de autor que promova os investimentos e o funcionamento eficiente de cadeias de valor entre autores, criadores, intérpretes e executantes e os consumidores e utilizadores. obter uma remuneração justa!
Não podemos permitir que as plataformas se escudem no argumento de que é o utilizador que coloca o conteúdo protegido com direitos de autor online, fazendo no entanto lucro com esse acção ilícita, e não remunerando o verdadeiro titular do direito. No fundo reforçar a capacidade dos titulares de direitos de negociar e de ser remunerados pela exploração em linha dos seus conteúdos em plataformas de partilha de vídeos, como YouTube ou Dailymotion, etc..
Essas plataformas terão a obrigação de mobilizar meios eficazes, tais como tecnologias para detetar automaticamente canções ou obras audiovisuais que os titulares dos direitos identificaram e cuja autorização ou eliminação foi acordada com as plataformas.
Acresce que a existência de mecanismos de reconhecimento automático de conteúdos (os tais filtros) não é um facto novo. O Youtube, por exemplo, já os utiliza há 10 anos numa base voluntária não tendo surgido qualquer polémica. Pretende-se torná-los obrigatórios.
É surpreendente e desonesto que esta mesma plataforma, nos últimos meses, se aproveite da falta de esclarecimento dos seus utilizadores para fazer uma campanha de lóbbi agressivo com factos deturpados ameaçando os seus utilizadores com canais mais mediáticos que é o fim da Internet e que a Liberdade está em causa. Isso é FALSO!
Os artistas e criadores estarão em melhor posição para negociar com os serviços em linha a utilização dos seus conteúdos ou o acesso aos mesmos e estarão em melhores condições para combater a pirataria.
Ao contrário do que circula nas campanhas de desinformação:
Esta legislação aplica-se apenas às plataformas cujo propósito principal é armazenar e dar acesso público ao conteúdo protegido por direitos de autor carregado pelo utilizador e que tem um papel activo relativo aos conteúdos.
Noutras palavras, não se aplica a todos os prestadores de serviços da Internet. (a maior parte das plataformas existentes não será afetada pelo artigo 13º como resulta das provisões previstas no artº 2º).
2º O texto aprovado exclui expressamente um conjunto de plataformas que actuam sem fins comerciais e prossigam fins socialmente relevantes. No âmbito destas exceções ao regime incluem-se:
  • Enciclopédias “on-line” sem fins lucrativos (Ex. “Wikipedia”);
  • Provedores de serviços de alojamento “na nuvem” (“cloud services”) para uso individual;
  • Plataformas de desenvolvimento de software de “fonte aberta” (“open source”)
  • Plataformas de venda de mercadorias “físicas” (Ex: e-bay);
  • Repositórios de informação com fins científicos ou educativos;
  • Serviços em que os conteúdos protegidos são carregados pelos próprios titulares.
Portanto, é totalmente injustificado e objetivamente errado falar de um “filtro de conteúdo”, “upload-block” ou mesmo de uma “censura” à Internet no seu todo. Fazer isso é irresponsável e não é verdadeiro.
3º Os Direitos Fundamentais e a Protecção dos Dados Individuais dos utilizadores estão salvaguardados - Artigo 13.°/2-B e 13.º/3. Não há qualquer “censura” ou limitação da liberdade de expressão. Apenas conteúdos protegidos, previamente identificados pelos seus legítimos titulares e criadores serão objeto das medidas previstas.
É claro no texto claro que as medidas devem:
  • Ser implementadas “em cooperação com os titulares de direitos”;
  • Ser passíveis “de reclamação e recurso céleres e eficazes para os utilizadores” caso haja uma eliminação injustificada dos seus conteúdos;
  • “Garantir que os encargos para as PME se mantêm adequados e que se evita o bloqueio automático dos conteúdos”.
4º Esta Directiva não vem impedir a possibilidade de Memes, mash-up, piadas. Aplicam-se as disposições já consagradas na Legislação de Direitos de Autor em vigor que consagra como excepções às regras gerais de direito de autor a caricatura, paródia ou pastiche.
Fonte: https://carloscoelho.eu/faqs/sub:3
submitted by hjras to portugal [link] [comments]


MARIZA - Quem Me Dera [Official Music Video] - YouTube YouTube - YouTube 2 horas maior saxofone amor canções ... - YouTube CANÇÕES DE TFM - YouTube Cantando Os Números - Músicas e Canções para ... - YouTube Os ditongos a cantar - As canções da Maria - YouTube MICHAEL BOLTON - 10 CANÇÕES ROMÂNTICAS - YouTube

15 Candle Making Youtube Channels To Follow in 2020

  1. MARIZA - Quem Me Dera [Official Music Video] - YouTube
  2. YouTube - YouTube
  3. 2 horas maior saxofone amor canções ... - YouTube
  4. CANÇÕES DE TFM - YouTube
  5. Cantando Os Números - Músicas e Canções para ... - YouTube
  6. Os ditongos a cantar - As canções da Maria - YouTube
  7. MICHAEL BOLTON - 10 CANÇÕES ROMÂNTICAS - YouTube
  8. YouTube
  9. A Beautiful Burning candle - YouTube
  10. portugasdugard-Musicas infantis 1 - YouTube

As canções da Maria - Os ditongos a cantar Maria de Vasconcelos http://www.facebook.com/AsCancoesDaMaria Vídeo de Pedro Cruz (http://www.pczdesign.com/) a pa... YouTube's Official Channel helps you discover what's new & trending globally. Watch must-see videos, from music to culture to Internet phenomena Simply a beautiful burning candle. Hopeful wishes to the entire world in April, 2020. Enjoy the videos and music you love, upload original content, and share it all with friends, family, and the world on YouTube. Como nossa página no Facebook posta as canções, muito guerreiros pediram videos, então criamos o canal para facilitar o aprendizado das Canções, feita para g... “Quem me dera” Letra e música: Matias Damásio Canção do novo álbum de Mariza que sairá a 25 de Maio. Canção: Mariza José Manuel Neto – Guitarra portuguesa/ P... Clique para adicionar uma descrição... 2 horas maior saxofone amor canções instrumental 🎷Música relaxante SAX romântica bonita https://youtu.be/PMc7SYNPQxU -----... Inscreva-se http://bit.ly/oreino_Inscrevase Curta O Reino das Crianças no Facebook http://on.fb.me/1PYCN8t Dez canções românticas do cantor americano Michael Bolton, famoso nos anos 80 e 90 com mais de 53 milhões de disco vendidos.